Ouvidos

“Eu sei, eu sei, eu sei, eusseieusseieusseieusseieussei”

Cantam aos culpados

“Vai, vai, vai, vaivaivaivaivai”

Aos atrasados

“Zeus, Zeus, Zeus, Zeuszeuszeuszeus”

Ao marombombado

“Uau, uau, uau, uauauauauuau”

À gostosuda

“Au, au, au, auauauauauau”

Ao valente poodle da gostosuda

“Win, win, win, winwinwinwinwin”

Ao auto-ajudinha

“Sim, sim, sim, sinsinsinsinsim”

À mouça casadoira

“Sí, sí, sí, sississississí”

À portenha radicada casadoira

“Yes, yes, yes, yesyesyesyesyes”

Ao incorrigível aficionado em pornologia

“Não, não, não, nãonãonãonãonão”

Ao desastrado de ouvidos de mercador

“Se, se, se, sessessessesse”

Ao vou-não-vou-será-que-vou

“Sic, sic, sic, sicsicsicsicsic”

Ao crítico que elegantemente reproduz o inequívoco equívoco do resenhado

“Meu, meu, meu, meumeumeumeumeu”

Ao paulistano radicado com saudade de tomar um chopps na roda do Léo

“Véi, véi, véi, véivéivéivéivéi”

Ao candango íntimo

“Zé, Zé, Zé, Zézézézézé”

Ao Zé, que foi ali na SóTintas e volta já

Cigarras e mensagens: questã de interpretaçã.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: